10 dicas para jamais desistir dos exercícios

mm001

Agora é pra valer: Nada de preguiça ou coisa parecida para começar os exercícios. Separamos 10 dicas para você começar com o pé direito:

1. Descubra o exercício que combina com você:

Escolha uma atividade que gosta, tem afinidade e que, acima de tudo, sinta prazer em praticar. Isso ajuda a você persistir no exercício e conseguir os resultados que deseja.

2. Comece pelo básico:

No primeiro dia de academia, comece pelos exercícios mais simples e vá aumentando a dificuldade apenas quando você perceber que entrou na sua zona de conforto.

3. Coloque o exercício na sua agenda:

Eleja dias e horários fixos para se exercitar. A atividade física precisa de um tempo determinado (e espaço!) na sua agenda. Reserve esse momento para cuidar de si.

4. Estabeleça uma meta semanal:

Coloque a frequência, nas aulas ou treinos, como uma meta semanal. E, de acordo com o seu desempenho, procure se recompensar por ter cumprindo esta meta, de preferência fazendo algo prazeroso para você.

5.  Registre sua evolução:

Faça uma avaliação do seu desempenho: nos dias em que praticar alguma atividade, anote em um caderninho ou no celular uma nota de 0 a 10 – sendo que 0 é sinônimo de nenhum esforço e 10 o máximo de esforço possível. A partir disso, construa um quadro da sua evolução. Isso vai ajudar você a perceber até as pequenas mudanças.

6. Defina seus objetivos

Antes de começar a treinar, estabeleça duas metas: uma de médio e outra de longo prazo. Depois, descreva o que você precisa fazer para alcançar cada uma delas e qual será a recompensa ao alcançá-las. Dessa forma, você consegue manter a motivação em alta e não perde o foco!

7. Coloque diversão na atividade

Convidar amigos para treinar com você, ouvir as músicas que mais gosta ou malhar ao lado de pessoas interessantes pode ser uma maneira divertida de fazer sua atividade. Além, é claro, de fazer o tempo passar mais rápido.

8. Ambiente é tudo!

Escolha um lugar agradável, no qual você se sinta confortável para treinar. Se você não gosta das pessoas e professores da sua academia, procure outra ou vá malhar ao ar livre em um parque, por exemplo.

9. Encontre um professor que você adora

O profissional de educação física é a peça fundamental para a sua motivação. Além de supervisionar o seu treino, ele precisa ser uma pessoa em que você confie, goste e considere uma companhia agradável.

10. Compartilhe suas metas

Se você contar seus objetivos para quem torce pelo seu sucesso, terá apoio nos momentos de preguiça. Essa é uma ótima fonte de motivação para retomar as suas metas.

Crédito: MdeMulher Blog